NOTÍCIAS

Veículos a diesel fabricados a partir de 2012 deverão utilizar aditivo para reduzir emissões

Com a finalidade de reduzir as emissões de NOx (óxido de nitrogênio), todos os veículos movidos a diesel fabricados a partir de 1º de janeiro de 2012 deverão usar o aditivo Arla 32 obrigatoriamente. O produto consiste em uma solução aquosa e não tóxica composta de ureia técnica, que poderá ser encontrado em postos de abastecimento, concessionárias e supermercados. A definição segue a portaria publicada pelo Ministério do Meio Ambiente no ano passado.

O produto deverá apresentar selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) e do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente), órgãos responsáveis pela definição dos padrões que guiarão a produção, a comercialização e o uso do produto. A indústria automobilística do País já vem estudando a adequação à nova tecnologia, que já é empregada em veículos europeus.

“Sem esta solução o veículo não vai andar ou vai andar em condições bem precárias”, diz Paulo Macedo, coordenador de resíduos e emissões do Ibama. Sem a utilização do Arla 32, o veículo poderá perder 30% no rendimento. “A proporção é de que a cada cinco tanques de diesel será preciso usar um de ureia. É uma solução barata, que não vai impactar no preço do diesel. Nossa expectativa é uma significativa redução de NOx. A indústria já sabe das mudanças há um ano e prepara as adaptações para atender às exigências”, ressalta.